Oitavo lugar para a Ferrari Portugal no ELMS no Estoril

O oitavo lugar dos pilotos da Ferrari Portugal, Filipe Barreiros e Francisco Guedes, no European Le Mans Series no Estoril não espelha o andamento que os pilotos portugueses impuseram entre os GTC. Um problema na caixa de velocidades logo após o arranque obrigou a uma entrada prematura nas boxes para resolver o problema que durou cerca de duas voltas.

Com este ‘handicap’ logo desde o início, por melhor que fosse o andamento dos pilotos, seria impossível recuperar. Filipe Barreiros foi bastante consciente num circuito bastante técnico e exigente: “Depois do problema que o Rasmussen teve logo no início havia pouco que pudéssemos fazer para recuperar posições. Por isso concentrei-me em impor o meu ritmo e não cometer excessos. Correu tudo conforme planeado”, explicou Barreiros.

A Francisco Guedes coube a tarefa de concluir a corrida, e fê-lo muito bem sempre entre os pilotos mais rápidos dos GTC: “Percebemos que temos andamento para andar neste campeonato e para fazer boas corridas. Foi uma experiência óptima. Com a desvantagem que tínhamos não havia necessidade de correr demasiados riscos. Penso que fiz um bom ‘stint’ e estou bastante satisfeito. Foi uma boa forma de terminar a época desportiva”, concluiu Francisco.

A Ferrari Portugal dá para já como concluída a sua temporada desportiva onde arrecadou o título no Blancpain Endurance Series na categoria GTR.